Minha lista de blogs

terça-feira, 10 de maio de 2011

TURMA DO ACELERA BRASIL É FORMADA NO ARIBALDO



A Escola Municipal Dr. José Aribaldo de Carvalho formou este ano uma turma do programa Acelera Brasil.
O Acelera Brasil é um programa de Qualidade em Educação do Instituto Ayrton Senna, que tem como principal objetivo regularizar o fluxo escolar nas redes públicas de ensino.
O Programa de Aceleração da Aprendizagem se destina a alunos das 3 primeiras séries, que estejam realmente alfabetizados, e que tenham dois anos ou mais anos de defasagem, ou seja, dois anos mais velhos do que a idade regular para a série na qual se encontram.

Como funciona o Programa de Aceleração

· Os alunos defasados são identificados e enturmados em classes de aceleração, com no máximo 25 alunos cada. Os alunos precisam estar adequadamente alfabetizados, capazes de ler e compreender as instruções do Módulo Introdutório. Caso contrário devem ser matriculados em programas de alfabetização.
· Os professores, de preferência tendo aderido voluntariamente ao programa.
· Os alunos recebem livros especiais para o programa e cada classe recebe uma caixa de livros de literatura e outros materiais, como mapas e dicionários, por exemplo.
· Semanalmente o supervisor visita cada classe durante um turno de aulas, orienta o professor e toma as providências que se fizerem necessárias junto à escola.
· Os professores participam de atividades semanais de supervisão, capacitação em serviço e planejamento.
· Os supervisores se reúnem mensalmente sob a liderança do coordenador municipal para analisar os resultados e fazer o plano de trabalho para o próximo mês.
· Mensalmente são gerados relatórios de acompanhamento do programa.
· No final do ano os professores avaliam os alunos e decidem para qual série devem ser enviados. Normalmente os alunos são promovidos e podem saltar uma ou mais séries.
· No final do ano é realizada uma avaliação externa para assegurar o controle de qualidade do programa. A meta é que a média dos alunos seja compatível com a meta obtida pelos alunos da unidade federada nos testes do SAEB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário